terça-feira, 21 de abril de 2009

(Re) vendo The Cure

Ainda sem me curar da febre oitentista, não podia de deixar de incluir aqui um post sobre a banda que me fez entender, nos idos de 1996, que música pop podia ser um lance muito sério: The Cure. Foi com as notas de The love cats ( fiquei fascinada com o pianinho), In between days e Boys don´t cry que aprendi muito da beleza do pop-rock inglês e do pop-rock de um modo geral. Na época, não gostei da fase mais gótica (Achei The forest estranha demais, ainda acho estranha), mas e daí?, vi o especial da MTV em razão do show deles no Hollywood Rock três vezes seguidas, fricava fissurada acompanhando a programação e esperando ansiosamente a próxima exibição. Adoro The Cure - o Brasil podia ter uma banda assim. Nada mais justo que lembrar deles neste dia 21 de abril, quando Robert Smith completa cinquenta primaveras.
Abaixo, alguns links (porque eles merecem mais de uma indicação) para clipes da banda no You Tube:

http://www.youtube.com/watch?v=Ssiga9gs7dQ (In between days)
http://www.youtube.com/watch?v=-EeZRBStMNQ&feature=related (The love cats)
http://www.youtube.com/watch?v=l8CDERzun4k (Boys don´t cry)

2 comentários:

Aldo disse...

The Cure é realmente mto bom! Mesmo não tendo vivido nos anos 80, sou fã!

Particularmente não sou mto fã de The Love Cats (isso não quer dizer q eu não goste bastante rs).


O clipe de A Forest dá um pouco de dor de cabeça.. mas é mto bom! haha

Duas músicas q eu recomendo são: Lullaby e Just Like Heaven



Links:
Lullaby - http://www.youtube.com/watch?v=qEx7pkmFc6s

Just Like Heaven - http://www.youtube.com/watch?v=ORc5Td_T6og

:: Fräulein :: disse...

Eu recomendo vc ouvir o album "Pornography" especialmente pela musica "A strange day". É gótica demais, mas muito bonita, rs.